O Conto do Éter[editar | editar código-fonte]

Nacht Intro logo BO3.PNG

No começo, havia apenas o Éter e os Guardiões.

Entre eles, existiam dois seres que posteriormente seriam conhecidos por vários nomes. Um deles seria conhecido como Doutor Monty, e o outro por Shadowman. Os Guardiões criaram a Chave de Conjuração, um dispositivo que permitia que eles manipulassem o Éter. Com poder sobre a própria realidade, eles criaram Agartha. Mais tarde, os Guardiões obtiveram maestria na habilidade de viajar entre dimensões.

Em algum ponto, vários Guardiões, entre eles o Shadowman, começaram a experimentar com o Éter Sombrio, uma energia aquém da criação. O Éter Sombrio corrompeu e corroeu suas almas, e os Guardiões corrompidos ficaram conhecidos como os Apothicons.

Os Apothicons criaram a Pirâmide do Éter, um dispositivo capaz de poder absoluto. Um cisma foi formado entre eles os Guardiões intocados pelo Éter Sombrio. Logo após, uma guerra entre os Apothicons e os Guardiões eclodiu. Vendo que seriam derrotados, os Apothicons esconderam a Pirâmide em uma lua de uma das dimensões recentemente descobertas. Presos no Éter Sombrio, os Apothicons se contorceram e evoluíram por éons em criaturas distorcidas que pouco lembrava sua antiga aparência Guardiã. Eles desejavam, sobretudo, retornar a Agartha.

Os Apothicons, sabendo que a Terra tem um portal para Agartha, enviaram meteoros contendo o Elemento 115 para o planeta em diferentes dimensões através do tempo e espaço. Eles acreditavam que um dia, os humanos usariam do elemento 115 para guerrear entre si, o que faria que uma fenda surgisse, o que permitiria que eles escapassem do Éter Sombrio.

A Grande Guerra[editar | editar código-fonte]

Em 15 de janeiro de 1292, a Grande Guerra entra a humanidade e os Apothicons começou através das dimensões. Durante a guerra, Sir Pablo Marinus foi salvo das garras de um Margwa por quatro heróis conhecidos como Primis. O Rei Lobo e seus homens também participaram da guerra. No dia 31 de dezembro de 1299, após sete longos anos de guerra, Primis derrotou os Apothicons juntamente dos Guardiões e da humanidade, trazendo um fim a Grande Guerra. Antes deles supostamente desaparecerem da história, Primis instruiu o Rei Lobo a construir seu castelo, que posteriormente seria conhecido como Der Eisendrache (O Dragão de Ferro).

Anos depois, honrando o pedido do Rei moribundo, seu leal servo Arthur espalhou seus ossos pelas terras de Der Eisendrache, juntamente com os restos mortais do Lobo do Rei. Arthur foi então teleportado via fendas temporais para um local chamado de Resolution 1295, no ano de 2025 na Angola.

A História de Ultimis[editar | editar código-fonte]

Em 1885, um metalúrgico chamado de Jebediah Brown morava em uma cidade mineradora chamada de Purgatory Point no Velho Oeste. A mina continha quantias alarmantes de Elemento 115, que começaram a afetar a população que descia lá. Um dos mineradores se tornou um zumbi e atacou a mãe de Jebediah, matando-a. Querendo encontrar respostas, Jebediah desceu lá e passou 5 dias lá dentro, sem perceber. Em 19 de abril, Jebediah teve uma visão enquanto dormia: dois anjos pediram que ele criasse uma máquina, a Pack-a-Punch Machine - Máquina do Soco em Lata - que se tornou um sucesso na cidade. No dia 30 de junho, ele teve outra visão. Nesta, os dois anjos pediram que ele criasse um Dispositivo Agartheano. O Dispositivo necessitava de três componentes: o sangue de um deus ancião encontrado no fundo do oceano, uma Lasca Elemental criada ao se forjar quatro almas humanas a uma pedra de Elemento 115 e uma peça metálica, a Haste Dourada. Jebediah consegue criar a haste, mas não tem meios de obter o sangue ou as almas.

Após criar a haste, Jebediah a melhorou com o Soco em Lata. Como resultado disso, criou uma fenda temporal grande o suficiente para levar a cidade inteira ao ano de 2025. Logo após, zumbis começaram a infestar a cidade soterrada, matando todos os seus habitantes, incluindo Jebediah.

No dia 30 de junho de 1908, um meteoro contendo Elemento 115 caiu perto do rio Tunguska na Sibéria. Com o passar das décadas, mais depósitos de 115 foram descobertos na Alemanha, Japão, EUA e na Lua.

Em 1931, após uma grande quantia de Elemento 115 fora descoberta em Breslau, o Doutor Ludvig Maxis formou o Grupo 935 como um time de pesquisa científica internacional liderado pela Alemanha, se tornando seu cientista-chefe. Na estação de pesquisa Der Riese (O Gigante), Maxis buscava usar o recém-descoberto elemento para melhorar a condição humana ao desenvolver tecnologias avançadas. Ele convidou o Doutor Edward Richtofen, que posteriormente seria conhecido por Ultimis Richtofen, para se unir ao Grupo 935. Richtofen aceitou, agindo secretamente em nome dos interesses dos Illuminati.

Por meados de 1939, Maxis e Ultimis Richtofen começaram a trabalhar nos primeiros experimentos de teleporte com a Protótipo de Transferência de Matéria, mas a composição química das cobaias era alterada, deixando-os catatônicos e alterados. Ultimis Richtofen também começou o desenvolvimento da Wunderwaffe DG-2 no mesmo ano. Maxis se voltou ao Reich e o Partido Nazista para fundos adicionais. Eles concordaram com o pedido, mostrando grande interesse nas armas criadas pelo Grupo 935, a tecnologia de teletransporte e nos mortos reanimados para ajudar o Eixo a vencer a guerra.

Ultimis Richtofen e o Doutor Schuster continuaram trabalhando no teletransporte e sucederam em transporta uma noz durante o Teste 151. O resultado, porém, falhou ao impressionar Maxis, que revelou ao Ultimis Richtofen que o Grupo 935 seria financiado pelo Partido Nazista. Ultimis Richtofen ficou preocupado que isto levaria a uma defecção em massa. Ele decidiu que continuaria os experimentos junto de Schuster pelas costas de Maxis.

No começo de 1940, Richtofen e Schuster realizaram o primeiro teste em humanos. Richtofen estava tão confiante que se voluntariou como cobaia. Ele foi transportado para a Lua, onde encontrou a Pirâmide, chamando-a de MPD, Enquanto examinava o dispositivo, levou um choque e começou a escutar várias vozes de corrupção, incluindo a do Shadowman. Ele então fora transportado para Shangri-La nos Himalaias, onde era venerado pelos nativos, que até construíram um altar com seu nome. Ultimis Richtofen também encontrou a Chave de Conjuração pela primeira vez. Corrompido pelo Éter Sombrio, Ultimis Richtofen foi gradualmente se tornando insano pela obsessão de encontrar Agartha.

Ultimis Richtofen retornou a Der Riese algumas semanas depois com um plano de construir uma estação na Lua, chamada de Estação Grifo. Ele também renunciou seu envolvimento com os Illuminati. Frustrado com o posicionamento de Maxis com a Alemanha, outros cientistas do Grupo 935 se uniram a ele.

Vários meses depois, Maxis contatou o Alto Comando do Reich e requereu fundos adicionais, dizendo que Der Riese não precisava somente de fundos, mas também de volumes suficientes de 115 para continuar a pesquisa. Como resposta, A Alemanha Nazista construiu duas novas estações de pesquisa em Berlin para o Grupo 935. Eram conhecidas como a Kino Facility (Kino der Toten – O Teatro dos Mortos), um teatro com um novo propósito, e a Asylum Facility (Verruckt), no Sanatório Wittenau. O Exército Imperial Japonês entregou a Estação do Sol Nascente ao Grupo 935, que colaborava com a Divisão 9 na mesma. O Grupo 935 também estabeleceu uma estação na Sibéria, perto do rio Tunguska, e uma estação em Der Eisendrache, chamada de Ninho da Águia.

Lá por 1942, a Estação Grifo estava completa. Ultimis Richtofen apontou o Doutor Groph como o cientista-chefe e encarregou ele e Schuster de descobrir um meio de energizar o MPD. Enquanto na Estação do Sol Nascente, Maxis desenvolveu o protótipo da Ray Gun, com H. Porter trabalhando no modelo de 2° geração. Em maio de 1942, após soldados retornarem da África, Ultimis Richtofen reportou que eles encontraram um número de artefatos de uma cidade americana. Entre os artefatos e documentos recuperados, estavam peças do Soco em Lata de Jebediah Brown. Ultimis Richtofen entregou os esquemas da máquina para que H. Porter replicasse o trabalho de Brown. Ultimis Richtofen também descobriu os planos do Dispositivo Agartheano e a Haste.

No dia 13 de junho de 1942, como resultado de fendas temporais, Doutor Monty ofereceu ajuda para o Grupo 935 criar elixires com o Elemento 115. Eles criaram 4 elixires medicinais, conhecidos popularmente como Juggernog, Quick Revive, Speed Cola e Double Tap.

Na Estação Grifo, Groph e Schuster descobriram sem querer como energizar o MPD, quando Schuster matou um rato próximo ao dispositivo e sua morte começou inexplicavelmente a carregar o tanque. Eles reportaram suas descobertas a Richtofen, que começou a mandar soldados e cientistas para serem sacrificados para carregar o MPD.

Pelo fim de 1942, Maxis expressou preocupação pelo impacto que o Elemento 115 estava tendo sobre o comportamento de Richtofen. Mesmo que já não confiasse em Richtofen, ele deixou sua filha Samantha em seus cuidados enquanto era transferido para a Kino Facility com sua assistente Sophia, para focar na criação do exército morto-vivo da Alemanha.

Em 1943, Nikolai Belinski, que posteriormente seria conhecido como Ultimis Nikolai, foi capturado durante a Batalha de Stalingrado e se tornou uma cobaia para o Grupo 935. Neste mesmo ano, Takeo Masaki, que posteriormente seria conhecido como Ultimis Takeo, fora capturado pelo Grupo 935 sob as ordens do Imperador.

Em 1944. Pablo Marinus, um espião mexicano, fora capturado pelo Grupo 935 em Der Eisendrache. Em sua cela, Pablo escreveu sobre visões que teve de uma Grande Guerra. Ele descreveu como "Uma grande batalha contra estranhas criaturas-demônio que tentavam devorar a Terra". Em suas visões, ele viu quatro cavaleiros que o protegeram da morte certa. Fez uma nota dizendo que as túnicas dos guerreiros eram similares às das estátuas em Der Eisendrache.

Em 1945, o operativo da OSS Peter McCain se infiltrou no Grupo 935. Em julho de 1945, Richtofen viajou para a instalação siberiana para fazer mais pesquisa nos "espécimes vivos". Como era guardião temporário de Samantha, a levou junto de si. Ultimis Richtofen trouxe a Haste. Poucos dias após sua chegada, um repórter fora preso próximo a instalação. Quando Ultimis Richtofen o interrogou, o repórter revelou que trabalhava para o Mr. Rapt, que procurava por vários artefatos, entre eles a Haste, também chamada de Selo da Dualidade. Após recusar entregar a Haste, Ultimis Richtofen ordenou que matassem o repórter.

Em agosto de 1945, o Grupo 935 transferiu três cobaias para experimentação: Ultimis Nikolai, Pablo Marinus e Ultimis Takeo. Ultimis Richtofen começou a procurar jeitos de criar a Lasca Elemental para construir o Dispositivo Agartheano.

Suspeitando que o Grupo 935 iria perder o controle dos seus experimentos, o superior de Peter, Cornelius Pernell, mandou uma unidade de reconhecimento da marinha liderados por "Tank" Dempsey, que posteriormente seria conhecido como Ultimis Dempsey, para extrair McCain, que foi revelado como espião.

Em setembro de 1945, durante uma operação com Harvey Yena, outro espião americano, Ultimis Richtofen extraiu o baço de Pablo Marinus. Ele notou que a barreira para desbravar a mente humana não estava no baço e Pablo morreu na operação, tendo seu corpo desovado no rio. Porém, ele sobreviveu, e acordou no fundo do rio, nadando de volta para a instalação onde ficaria preso pelos próximos 20 anos.

Vários dias depois, a unidade de Reconhecimento chegou no Asilo Wittenau, onde um surto zumbi ocorreu. Ultimis Dempsey fora capturado e enviado a Ultimis Richtofen para substituir Pablo, e ele ficou experimentando em Dempsey, Nikolai e Takeo. Ele documentou os traços de personalidade das cobaias. "O intelecto de Dempsey parece baixo, mas ele é forte", Takeo "ainda estava encarando o chão e repetindo algo que parecia um provérbio várias e várias vezes". Nikolai "recentemente começou a responder a estímulos, mas só após injeções de um novo soro feito primariamente de vodka". Ultimis Richtofen notou que as mentes das cobaias tinham sido quase inteiramente quebradas, com nenhuma memória de quem um dia foram. Enquanto na instalação siberiana, Richtofen também experimentou em Samantha.

Enquanto continuava a encontrar um meio de construir o Dispositivo Agartheano, Ultimis Richtofen conseguiu sifonar uma parte das almas das três cobaias em uma rocha processada de Elemento 115 com a Haste, usando da própria alma como quarta alma requerida. Conforme as almas foram infundidas na rocha, se transformou em uma lasca de vidro. Desconhecido do que fez, ao forjar sua alma, a de Nikolai Belinski, Takeo Masaki e Tank Dempsey, ele ligou suas almas ao Éter através das dimensões. Todas as suas diferentes versões agora estavam conectadas ao Éter através do espaço e tempo.

Após saber de Harvey Yena que Maxis não produziu a Wunderwaffe DG-2 em massa, como havia prometido, Ultimis Richtofen começou a conspirar para destruir Maxis e sua filha. Ele jurou que não continuaria a trabalhar no exército morto-vivo de Maxis.

Findada a guerra, Maxis retornou a Der Riese em outubro de 1945 e ordenou que Richtofen fizesse o mesmo, para que pudessem continuar trabalhando no Dispositivo de Transferência de Matéria. Poucos dias depois, Ultimis Richtofen chegou em Der Riese com suas cobaias e Samantha. No dia 12 de outubro, Groph contatou Richtofen que para informa-lo de que o MPD havia sido completamente carregado e estava aguardando um condutor.

Em 13 de outubro de 1945, durante uma série de testes de teleporte, Maxis utilizou do cão de Samantha, Fluffy, como cobaia. Fluffy, agora transformada, fora teleportada de volta à câmara. Quando Samantha viu seu cachorro, correu para dentro do teleportador. Maxis correu atrás dela e Ultimis Richtofen os selou dentro da câmara antes de teleporta-los.

Enquanto Maxis fora teleportado para o Lugar Louco, onde aprendeu o poder de se tornar um com eletricidade, Samantha fora teleportada para a Estação Grifo. Ela correu para dentro da Pirâmide e lá foi corrompida pelo Éter Sombrio. Quando ele ficou sabendo do incidente, Richtofen ordenou que Groph teleportasse Maxis para a Lua para coagir Samantha a sair do dispositivo. Maxis então se aproximou do MPD e persuadiu ela a sair, mas quando ela fez isso, Maxis lhe deu a instrução "mate eles... todos" antes de suicidar e se fundir a tecnologia da Estação Grifo. Samantha então reentrou no MPD e desencadeou hordas de mortos na base, matando qualquer um envolvido na organização.

No próximo dia, um surto zumbi ocorreu na instalação Der Riese. H. Porter acionou o alarme antes de se matar. Ultimis Richtofen retornou para a instalação onde ele acordou Ultimis Dempsey, Takeo e Nikolai. Sem se lembrar de quem eram, ou de quem Richtofen era, concordaram em ajuda-lo. Os quatro se tornariam conhecidos como Ultimis.

O Grande Esquema de Richtofen[editar | editar código-fonte]

Vários dias depois, Ultimis viajou para a instalação do Sol Nascente, onde um surto zumbi ocorreu. Na instalação, Ultimis encontrou o corpo de Peter McCain, que morreu durante um acidente de paraquedas após ter sido ordenado por Cornelius Pernell para se encontrarem na Instalação. Ultimis Richtofen também encontrou seu diário e começou a formar seu plano para derrotar Samantha.

Uma semana depois, Ultimis retornou a Der Riese, onde Richtofen planejava utilizar o teleporte para retornar à Lua e confrontar Samantha. Porém, a Wunderwaffe DG-2 sobrecarregou o dispositivo, e foram enviados para Kino Facility in 1963, o que fez com que Richtofen largasse seu diário, que posteriormente seria recuperado pela União Soviética.

Isso marcou a primeira vez que Ultimis viajou através do espaço e do tempo. Fendas temporais se abriram em várias dimensões. Na luz desses eventos, Monty se viu obrigado a entrar na história, e começou a fazer mudanças nos bastidores da história através das dimensões. Ele ajudou o Grupo 935 a inventar as Máquinas de Vantagem. Adicionou também desenhos de armas feitas de giz nas paredes.

Quando Ultimis chegou na Kino Facility, em 28 de outubro de 1963, localizaram uma plataforma lunar e voaram para a Ascension Facility (Ascension – Ascensão), um cosmódromo soviético.

Nas semanas anteriores à chegada de Ultimis em Ascension, um cientista russo do Grupo Ascension chamado Yuri Zavoyski fora corrompido pela voz de Samantha após ler o diário de Ultimis Richtofen. Yuri enganou seu colega, Doutor Gersh para que ele ativasse um Dispositivo Gersh, que abre fendas no espaço tempo. A fenda criada permitiu que Samantha a atravessasse, absorvendo Gersh ao mesmo tempo, destruindo seu corpo e prendendo-o dentro do Mecanismo Casimir. Yuri também fora absorvido e teleportado ao Pentágono.

Quando Ultimis chegou em Ascension, em 6 de novembro de 1963, um surto zumbi ocorrera e Gersh implorou a eles que o liberassem do Mecanismo Casimir. Ao mesmo tempo, no Pentágono, John F. Kennedy, Robert McNamara, Fidel Castro e Richard Nixon estava discutindo uma possível aliança entre os EUA e Cuba para lutar contra Samantha quando zumbis invadiram o prédio. Yuri, que foi o responsável pelos zumbis do Pentágono, fora enviado por Samantha para frustrar os planos de sobrevivência deles. Após Ultimis soltar Gersh do Mecanismo Casimir, ele os enviou ao próximo destino antes de começar a viajar entre o espaço tempo. Com a saída de Ultimis do cosmódromo, os dois surtos foram contidos, e Yuri fora preso.

Ultimis fora teleportada para uma sala trancada da instalação siberiana no dia 17 de março de 2011, onde George Romero, que encontrou pesquisa do Grupo 935, estava fazendo um filme com Sarah Michelle Gellar, Robert Englund, Danny Trejo e Michael Rooker. Um surti zumbi logo ocorreu, e George fora transformado em um zumbi. Os atores conseguiram recuperar a Haste para Ultimis, que então fora teleportada para o seu próximo destino. O fim que se deu à equipe de atores é desconhecida até os dias de hoje. Seis semana depois, a assistente de Romero, Sally, fora transportada para Shangri-La a ficou presa num ciclo temporal enquanto lia a pesquisa de Romero sobre o Grupo 935.

Conforme continuavam sua jornada, Ultimis chegou a Shangri-La em 25 de abril de 1956. Com a ajuda de dois exploradores presos dentro de um ciclo temporal, Brock e Gary, Ultimis adquiriu a Pedra de Foco.

Agora possuindo a Haste e a Pedra de Foco, Ultimis Richtofen estava pronto para retornar à Lua. Mas Dempsey deu um tiro de 31-79 JGb215 enquanto dentro do teleporter, o que fez com que Ultimis fosse enviada ao Pentágono, mas antes do surto de 9 de novembro ocorrer. Ao mesmo tempo, Yuri fora enviado por Samantha para soltar os zumbis mantidos no Pentágono antes de envia-lo para fazer o mesmo em 6 de novembro. Uma vez no Pentágono, eles viajaram a Groom Lake, Nevada, onde utilizaram o teleporte para chegar na Lua.

Já na Estação Grifo, em 13 de outubro de 2025, Ultimis reativou o MPD, que revelou Samantha, ainda do mesmo jeito que entrou em 1945. Ultimis Richtofen então utilizou um terminal para energizar a Haste e a fundiu com a Pedra de Foco. No entanto, ele encontrou Maxis dentro do terminal, que tentou impedi-lo. Mas Ultimis Richtofen completou seu Grande Esquema, e trocou de alma com Samantha, ganhando controle total do Éter. Samantha estava presa dentro do corpo de Richtofen.

Ultimis Dempsey, Nikolai e Takeo então decidiram ajudar Maxis a parar Richtofen. Eles lançaram três mísseis na Terra para destruir o link entre a Terra e o Éter. Porém, os cálculos foram feitos na pressa, o que resultou em uma destruição catastrófica para a Terra, deixando-a despedaçada.

A História de Victis[editar | editar código-fonte]

O lançamento dos mísseis deixou a Terra um inferno pós-apocalíptico, infestado de hordas de mortos-vivos enquanto a civilização colapsava. Os sobreviventes começaram a se unir em pequenas comunidades e abrigos para se proteger da ameaça zumbi global. Maxis, percebendo a falha de seus planos originais, começou a contatar sobreviventes para ajudá-lo com seu plano B; ativar dispositivos de polarização globais para abrir um portal para Agartha, onde ele sobrepujaria Richtofen e usaria da energia para curar a Terra. Desconhecido de seus seguidores, Maxis planejava utilizar a energia do Éter para seu próprio interesse, abrindo uma fenda para Agartha e se reunir a Samantha, que destruiria a Terra no processo.

Ultimis Richtofen, insatisfeito com seu poder limitado sobre os zumbis, planejou ativar esses dispositivos de polarização também, o que daria a ele o poder de manipular tanto zumbis quanto humanos e emendaria a Fenda, um portal direto para Agartha, o que amaldiçoaria a alma de Samantha Maxis por toda eternidade. Limitado a se comunicar apenas com aqueles capazes de ouvir vozes do Éter, Richtofen começou sua busca por poder ilimitado.

Com o passar dos anos, os seguidores de Maxis começaram a construir o primeiro dispositivo de polarização, perto do sítio Hanford, em Green Run, no estado de Washington. Porém, eles começaram a duvidar de Maxis, acreditando que ele era do mal, e então destruíram seus eletrônicos. Ao mesmo tempo, uma sociedade de sobreviventes que comiam os zumbis foi formada, eles conhecidos como A Carne. Como eles comiam a carne dos zumbis, essa sociedade começou a escutar Richtofen, que tentou persuadi-los a construir os dispositivos de polarização. Eventualmente, uma batalha eclodiu entre os seguidores de Maxis e os de Richtofen, com poucos deles conseguindo escapar de uma horda de zumbis que caiu sobre eles.

Vários anos depois, em 2035, Marlton Johnson, que foi o único sobrevivente de um incidente nuclear no Campo Edward e o ataque do míssil, conheceu Abigail "Misty" Briarton em um restaurante perto de Green Run, onde eles também encontraram outros dois sobreviventes, Russman, um ex-operativo da Flecha Quebrada, e Samuel J. Stuhlinger, um dos membros restantes Da Carne, que utilizava um ônibus roubado como transporte. Os quatro seriam conhecidos como Victis.

Ativando os Dispositivos de Polarização[editar | editar código-fonte]

No sítio Hanford, Victis fora contactada por Maxis, que revelou que a cidade como sendo a localização de um dispositivo de polarização que seus planos necessitavam. Ao mesmo tempo, Richtofen contatou Samuel, instruindo que ele frustrasse os planos de Maxis ao ativar a torre em seu favor, começando uma corrida de poder entre Maxis e Richtofen. Victis acabou por ativar a torre para Maxis, consumindo a essência de uma entidade chamada de Avogadro.

Richtofen então teleportou Victis para um arranha-céu na cidade desmoronada de Shangai, Província 22, China. Maxis contatou Victis novamente, tentando obter controle da segunda torre localizada lá. Richtofen tentou chantagear Samuel para ajuda-lo, ameaçando revelar para seus aliados que ele consumiu carne de zumbi. Toda vez que o grupo falhava ao ativar a torre e morria para os zumbis, Richtofen utilizava de seu poder para revive-los, sem memórias terem sido mortos. Victis ativou o segundo dispositivo para Maxis.

Victis conseguiu escapar do prédio que estavam presos e começou a perambular pelo mundo para encontrar a Fenda, esperando encontrar respostas sobre as forças que os comandavam. Eles viajaram pelas ruínas da Europa, atravessaram o Saara e lá por 31 de dezembro de 2035, encontraram uma cidade do Velho Oeste enterrada no subsolo perto da Fenda, no sudeste da Angola. A cidade fora teleportada dos anos 1800 para o fundo da instalação de mineração por uma fenda temporal causada dez anos antes. Em uma das celas, eles encontraram Arthur, que havia sido transportado para a cidade de 1318 através de outra fenda temporal. Maxis mais uma vez contatou os sobreviventes, implorando que ativassem a última torre em seu favor. Enquanto isso, Samuel recebia a mesma ordem de Richtofen, como essa também era a última torre que ele necessitava para emendar a Fenda e

ganhar poder ilimitado.

Fim Canônico

Se o jogador decidir seguir Maxis, e ligar as três torres para ele, Maxis ganha controle do Éter e abre um portal

para Agartha e a Casa, se reunindo com Samantha, destruindo a Terra e seus habitantes no processo. Como última vingança contra seu ex-assistente, ele

prende a alma do Ultimis Richtofen dentro de um zumbi, cujo os olhos se tornam azul, virando o Richtofen Zumbi.

Fim Alternativo

Se o jogador decide seguir Richtofen, e ativar as três torres para ele, a Fenda é emendada, amaldiçoando a alma de

Samantha poe toda eternidade e permitindo que Richtofen obtenha total controle das energias do Éter. Com a Terra como seu playground pessoal e a existência de Maxis cessada, Richtofen agora pode sair do Éter a vontade e usa o corpo

de Samuel como hospedeiro.

A História de Primis[editar | editar código-fonte]

Na dimensão 63, em 1300, Sir Pablo Marinus começou a documentar a Grande Guerra, incluindo tudo que ele aprendera sobre os Guardiões, os Apothicons e o Elemento 115. Sobre o poder do elemento 115, ele fez uma nota que um local no norte da França continha depósitos massivos do elemento. No mesmo local, fora construída uma tumba para honrar os guerreiros caídos da Grande Guerra. Dentro dela, estátuas de Primis foram construídas para simbolizar a esperança de que, caso um dia um grande mal caía sobre a humanidade, eles possam retornar.

Vários séculos depois, Doutor Ludvig Maxis e o Doutor Edward Richtofen, que posteriormente seria conhecido como Primis Richtofen, se uniram ao Grupo 395. Em 1914, Richtofen foi visitado por uma versão mais velha dele que o entregou dois frascos de sangue, e explicou que ele necessitaria deste sangue e que, quando chegasse a hora, este sangue iria protege-lo. A versão mais velha foi-se embora por uma fenda.

Em 1916, o Grupo 935 descobriu o jornal de Sir Pablo Marinus. Utilizando informação retirada do jornal, começaram a trabalhar em um sítio de escavação no norte da França, onde descobriram uma séria de tumbas subterrâneas. Eles estavam tendo dificuldade para abrir a entrada das tumbas até que um soldado colocou um disco de "La Source Noire" num gramofone ao lado, o que fez com que as portas se abrissem misteriosamente.

No ano de 1917, o Grupo 935 experimentou com o Elemento 115, nomeado Divinium por Maxis, e criaram com sucesso, "campos localizados de energia que funcionam como portais". Maxis notou que objetos conseguiam passar por eles e especulou que as fendas talvez houvessem aberto portais através do tempo e espaço. Após testemunhar a corrupção de seu pai pelo Éter Sombrio na Casa, Samantha procurou Maxis da Dimensão 63 utilizando as fendas que o Grupo 935 abrira. Ela implorou por sua ajuda e revelou que era sua filha.

o Grupo 935 continuou a experimentar com o Elemento 115 e as fendas. Um dia, uma "caixa anciã" saiu de um dos portais. A caixa tinha o poder de manifestar armas de eras diferentes. Maxis temeu que o Elemento 115 estava rompendo o espaço-tempo continuum. Seguindo a instalação de geradores energizados por 115, relatórios de "figuras antigas surgindo" pelo sítio de escavação correspondentes com as mortes misteriosas de vários soldados do Grupo 935. Utilizando Elemento 115, o Grupo 935 construiu três robôs gigantes chamados de Freya, Odin e Thor. Primis Richtofen notou que, apesar do progresso do Grupo 935, ele estava preocupado com a obsessão crescente de Maxis com o diário de Sir Pablo Marinus.

Dempsey, Nikolai Belinski e Takeo Masaki foram despachados por seus respectivos governos para juntar informações e investigar a tecnologia bélica do Grupo 935.

Em 1918, Maxis se tornara obcecado com a voz de Samantha, que falava com ele constantemente. Ele acreditava que ela era "a chave para tudo". Vários dias depois, ele foi completamente consumido pela voz de Samantha e jurou que não serviria mais a missão do Grupo 935.

No dia 4 de junho de 1918, o Elemento 115 acordou os cavaleiros mortos vivos da Grande Guerra, que rapidamente consumiram o campo. Maxis ficou catatônico devido a exposição ao elemento e Richtofen removeu seu cérebro antes que fosse consumido inteiramente. Dempsey, Nikolai e Takeo se uniram com Richtofen no campo de batalha, colocaram o cérebro de Maxis em um drone e ajudaram a libertar Samantha de sua prisão em Agartha. O cérebro de Maxis a seguiu. Primis havia sido reunida.

Quando o cérebro de Maxis chegou a Agartha, Doutor Monty decidiu aparecer e, apesar da falta de uma alma, recriou uma manifestação física de Maxis, na forma da Dimensão 63. Monty então varreu Maxis Corrompido pelo Éter Sombrio da existência. Monty também reuniu Samantha com a versão da Dimensão 63 de Maxis e Fluffy. Monty então revelou seu plano a Maxis: Resolver o paradoxo forjado pelo multiverso e criar uma nova realidade - uma livre dos Apothicons. Mas só funcionaria se eles juntassem as almas daqueles que viveram e sobreviveram o fraturamento. Samantha enviou Primis para a Dimensão de Ultimis, em 1943. Eles formularam um Plano para impedir Ultimis Richtofen e prevenir os eventos que estavam prestes a se desenrolar...

A Jornada de Richtofen[editar | editar código-fonte]

Vários dias depois, Primis Richtofen fora teleportado para a Casa em Agartha e se reuniu com Maxis. Maxis explicou a ele o plano para assegurar o Kronorium e localizar a Chave de Conjuração, e ainda o avisou que "as cobaias não devem nunca acordar!". Enquanto dentro da Casa, Richtofen descobriu sua conexão com Samuel Stuhlinger, e decidiu utilizar Victis para adquirir o Kronorium.

Richtofen viajou novamente para a Dimensão 63 em 1940, onde ele contatou membros dos Illuminati e alistou sua ajuda para construir um laboratório abaixo da ilha de Alcatraz. Vários dias depois, ele se encontrou com Stanley Ferguson e o convenceu a ajudar na construção. Terminada a construção do laboratório, Richtofen retornou à Casa em Agartha, onde ele começou a se comunicar com Stuhlinger. Juntos, eles persuadiram Victis a viajar para uma variedade de localizações para recuperar o Kronorium.

Quando Richtofen retornou ao laboratório em 1941, ele encontrou com Victis. Assim que leu o Kronorium, Richtofen descobriu inúmeras linhas temporais documentando seus destinos a aprendeu sobre os Frascos de Sangue. Ele escreveu depois na página "Eu agora sei o que devo fazer - E.R. 4/7/41". deixou então seu laboratório e coletou os frascos de sangue do Richtofen Zumbi na Terra Vazia, recuperou as amostras de sangue de Salvatore "Sal" DeLuca e Michael "Finn" O'Leary em 1934 e as entregou para sua versão mais jovem de 1914. Richtofen retornou ao laboratório e ofereceu a Victis suspensão "no gelo" das câmaras de suspensão, onde eles ficariam a salvo até que "o fim do mundo chegasse".

Quando Primis chegou ao laboratório da Fenda Proditione, Richtofen deu a eles as amostras de sangue de Victis. Assim que saíram, ele aprendeu sobre a localização da Chave de Conjuração e viajou para Morg City. Lá, aprendeu que o repórter tinha a Chave e o confrontou. O repórter abanou a carta de Monty para Richtofen e o ordenou que mantivesse distância antes de ataca-lo. Richtofen o matou em legítima defesa, mas estava impossibilitado de recuperar a Chave, uma vez a caixa que a continha estava selada com magia anciã.

Após os Apothicons conseguirem acesso à Dimensão 63, Floyd Campbell, Jessica Rose, Nero Blackstone e Jack Vincent trabalharam com os Guardiões para derrotar o Shadowman e o prenderam dentro da Chave de Conjuração. Richtofen retornou para Morg City e roubou o artefato antes de sair. Richtofen viajou para a Dimensão 2210, onde ele assegurou a alma de um Richtofen inocente e entregou para a Casa, onde Monty deu a ele uma forma física, chamada de Eddie. De dentro da Chave, Shadowman sussurrou "Eu estarei te observando...". Primis Richtofen então retornou para a Dimensão Ultimis, onde ele saiu do teleporte momentos após Ultimis Richtofen teleportar Maxis e Samantha e o matou, o que causou fraturas através do tempo e espaço.

O Plano do Shadowman[editar | editar código-fonte]

O Shadowman foi o único Apothicon a sobreviver o banimento para o Éter Sombrio. Ele se tornara o agente dos Apothicons e viajava através do multiverso para encontrar um jeito de levar os Apothicons para Agartha.

Com a alcunha de Mr. Rapt, o Shadowman contratou o mesmo repórter através das dimensões para recuperar a Chave de Conjuração assim como os componentes para o Dispositivo Agartheano.

Após descobrir o destino de Salvatore "Sal" DeLuca, Billy Handsome, Albert "Weasel" Arlington e Michael "Finn" O'Leary na Dimensão 63, o Shadowman contatou o diretor de Alcatraz durante a década de 1930 e o corrompeu.

Em 1932, os 4 mafiosos foram condenados e presos em Alcatraz. No ano seguinte, dia 1 de abril de 1933, Arlington convenceu os outros três que eles podiam construir um avião e escapar a ilha. Mas lá para o fim do ano, eles viram que não daria certo. Cegos por raiva, planejaram se vingar de Arlington.

31 de dezembro de 1933, DeLuca, O'Leary e Finn, atraíram Arlington para o telhado da prisão e o mataram. o Shadowman, preso dentro da Chave, revelou ao Diretor que ele transformaria a prisão com a alma dos 4 detentos para prender Primis Richtofen dentro de uma Dimensão de Bolso.

Em Janeiro de 1934, alguns dias antes deles serem executados, Primis Richtofen entra na prisão através de um portal e assegura o sangue de DeLuca e O'Leary. No dia 19 de janeiro de 1934, os três mafiosos foram eletrocutados pelo assassinato de Arlington.

Após sua execução, o Diretor se suicidou da mesma maneira antes de desaparecer da Dimensão 63.

Tardiamente em 1943, o Repórter recuperou a Chave de Conjuração no Pacífico Sul e o Selo da Dualidade, assim como uma pedra de elemento 115 na Rússia. Ele então entrevistou Stanley Ferguson, um guarda aposentado que trabalhou em Alcatraz durante os anos de 1933 e 1941. Ferguson deu ao repórter um testemunho detalhado sobre de 4 mafiosos e seu plano de fugir da ilha. Após descobrir seu destino, o Shadowman contatou o Diretor de Alcatraz nos anos 1930.

No dia 31 de dezembro de 1943, o Repórter chega em Morg City, como requisitado pelo Shadowman para encontrar Floyd Campbell, Jessica Rose, Nero Blackstone e Jack Vincent. Pelos próximos meses, o repórter juntou informação nos quatro e mandou um telegrama com os detalhes. O Shadowman então influenciou Campbell, Rose, Blackstone e Vincent a matar alguém que eles conheciam.

Conhecendo das ações do Shadowman, Monty escreveu ao Repórter avisando-o a não entregar a Chave a ninguém.

Em 21 de abril de 1944, Richtofen chega a Morg City e mata o Repórter em autodefesa, mas não recupera o artefato.

Poucos dias depois, Floyd Campbell, Jessica Rose, Nero Blackstone e Jack Vincent acordam em uma versão distorcida de Morg City. O Shadowman os engana para que realizem rituais que dão acesso aos Apothicons à Dimensão 63. Os quatro então trabalham com os Guardiões para derrota-lo e o prendem dentro da Chave. De repente, Richtofen aparece por um portal, agradece aos quatro pelos esforços e rouba o artefato, desaparecendo pelo mesmo portal. No dia seguinte, os Apothicons consumem a Dimensão 63 e seus habitantes. Dentro da Chave, o Shadowman contata o Diretor de Alcatraz e revela a ele que ele iria transformar Alcatraz com a alma dos quatro mafiosos para prender Richtofen em uma Dimensão de Bolso.

A Busca Pelas Almas[editar | editar código-fonte]

Na dimensão Ultimis, Primis Dempsey, Takeo e Nikolai chegam em Der Riese momentos após Ultimis Richtofen teleportar Maxis e Samantha. Eles ordenaram que Ultimis Richtofen acordasse as cobaias, mas de repente, o teleporte foi ativado e Ultimis Richtofen abriu a câmara. Primis Richtofen saiu dele empunhando a Chave de Conjuração e deu um tiro na cabeça de sua versão Ultimis, causando fraturas através do tempo e espaço.

Agora dentro da Fratura Deceptio, Primis acendeu um sinal dentro da instalação para que Maxis soubesse onde e quando estavam.

Usando um Robô Gigante de Der Riese, Primis perseguiu um caminhão do Grupo 935 que carregava um pod criogênico contendo Ultimis Dempsey. O robô, no entanto, fora derrubado pelos soldados, forçando Primis a continuar a pé. Eles chegaram a uma estação com uma gondola, que os levou para o Ninho da Águia, acima deles. Porém, eles foram lentos demais para impedir que Ultimis Dempsey fosse mandado para a Estação Grifo em um foguete. Conforme continuavam com sua missão, Richtofen posou como sua versão Ultimis para enganar Groph, que estava suspeitando do comportamento anormal dele. Eventualmente, Primis redirecionou o foguete contendo Ultimis Dempsey para cair no jardim do castelo. Em retaliação, Groph ativou uma trava, impedindo que eles alterassem o pod. Primis utilizou da Haste para invocar o espirito de um Guardião, que teleportou a pirâmide da Lua para o castelo, mas fora corrompido pelo Éter Sombrio no processo. Primis usou a Chave de Conjuração para ativar o MPD. Após batalhar com o Guardião e hordas de zumbis, Primis lançou dezenas de mísseis na Lua, destruindo-a juntamente com a Estação Grifo e todos que estavam dentro. Conforme se aproximavam do pod, Richtofen revelou seu plano para eliminar suas contrapartes Ultimis e preservar suas almas dentro da Chave de Conjuração. Dempsey, apesar de não concordar com o plano no início, acabou cedendo, desligando ele mesmo o suporte vital do pod, encerrando a vida de Ultimis Dempsey. Conforme ele morria, Richtofen utilizou a Chave para capturar a alma que se esvaía. Com a morte de Ultimis Dempsey, seu objetivo em Der Eisendrache estava completo.

Primis então fora teleportada para a Fratura Proditione, onde eles foram sequestrados por um navio da frota Japonesa no Oceano Pacífico. Enquanto estavam sendo interrogados por um oficial da marinha japonesa sobre a Chave de Conjuração, uma onda massiva atingiu a lateral do navio, desequilibrando todos a bordo. Uma breve luta se instaurou no navio conforme o oficial soltava o artefato. Primis pulou do navio quando este explodiu e eles nadaram para uma ilha ali perto. Eles chegaram numa instalação de pesquisa da Divisão 9 chamada de Instalação Ilha (Zetsubou no Shima – Ilha do Desespero). Primis descobriu dentro da instalação um Thrasher gigante, trancafiado em uma cela, que foi revelado ser Ultimis Takeo, que fora utilizado como cobaia. Ultimis Takeo então revelou ao Primis Takeo que quem ordenou que fosse preso, torturado e experimentado foi o próprio Imperador. Primis Takeo ofereceu uma chance de redenção a sua versão Ultimis, que procedeu e cometeu seppuku, com Primis Takeo atuando como seu kaishakunin. Primis Richtofen assegurou a alma de Ultimis Takeo dentro da Chave de Conjuração.

Primis então fora teleportada para o laboratório de Primis Richtofen abaixo de Alcatraz, onde eles encontraram com Primis Richtofen antes dele adquirir a Chave de Conjuração. Este os entregou as amostras de sangue de Victis e Primis saiu por um portal para seu próximo destino.

Primis acidentalmente teleportou para a cidade de Stalingrado, na Fratura Agonia. Eles utilizaram o corpo de Peter McCain, que caiu pelo portal e ativaram seu paraquedas para pousar em segurança. Eles descobriram que estava acontecendo uma guerra entre dragões e Robôs Gigantes Russos, com Ultimis Nikolai como único sobrevivente lutando contra hordas de zumbis dentro do robô. Quando notou Primis, Ultimis Nikolai tentou mata-los, mas fora jogado em um prédio por um dragão antes que pudesse atirar qualquer coisa. Mais tarde ele pergunta quem são eles e se eles podem ajudá-lo. Primis encontra S.O.P.H.I.A., uma I.A. feita do cérebro da assistente de Maxis, Sophia, após ser atacada por um zumbi durante sua estadia na Kino Facility. Ela disse a eles que fizessem várias tarefas antes de poder colocar uma senha mestra, forçando Primis a completar o Protocolo Ascension. Conforme continuavam a seguir as instruções dadas por S.O.P.H.I.A., eles encontraram Gersh, que os reconheceu, mas sabia que não eram as versões que o libertaram. Primis o enganou para que ele entrasse nos sistemas de S.O.P.H.I.A. para extrair informação dele, o que levou a sua destruição. Com o Protocolo Ascension completo, S.O.P.H.I.A. saiu voando pelo espaço-tempo na esperança de encontrar Maxis. Durante sua missão no Stalingrado, Monty contatou Primis dizendo que tinha “visto seus malfeitos” e deu a eles a tarefa de consertar o universo, visto que eram parcialmente responsáveis por sua fratura. Primis então chegou a Ultimis Nikolai, com quem fizeram uma trégua temporária para matar o dragão. Porém, ao derrota-lo, eles pediram que ele se rendesse, o que Ultimis Nikolai recusou e uma breve luta ocorrera. Com sua derrota, Primis Nikolai se aproximou dele e Ultimis perguntou se ia mata-lo agora. Primis Nikolai se desculpou, dizendo que ele desejava que houvesse outra maneira e disse que sofria da mesma dor que sua contraparte. Ele explicou que Ultimis Nikolai se virara ao álcool para esconder memórias agonizantes de sua esposa, que fora morta em um bombardeio aéreo. Em um acesso de raiva, Ultimis Nikolai atirou em sua versão Primis, mas não causou dano pois a armadura o protegeu. Em retaliação, Primis Nikolai respondeu matando sua contraparte, permitindo que Richtofen coletasse sua alma.

Com todas as almas coletadas, Primis Richtofen as enviou para a Casa em Agartha, onde Monty as transformou em crianças. Quando as almas chegaram, Maxis disse a Samantha e Eddie que guardassem os brinquedos antes de descerem para o porão.

Criando um Paradoxo[editar | editar código-fonte]

Finalmente, Primis chega na Casa em Agartha. Richtofen se reuniu com Maxis, abraçando-o. Maxis é sobrepujado pela voz do Shadowman implorando por sua ajuda de dentro da Chave de Conjuração. Quando Maxis tocou o dispositivo, ele soltou o Shadowman e ficou preso dentro da Chave. Uma vez fora da casa, o Shadowman abriu um portal para os Apothicons atravessarem, fraturando e corrompendo Agartha, revelando o Sol Apothicon. Primis lutou contra os Apothicons, hordas de mortos-vivos e o próprio Shadowman. Durante a batalha, S.O.P.H.I.A. aterrissou em Agartha. Utilizando da Chave de Conjuração e do Kronorium, Primis derrotou o Shadowman. Maxis, com a ajuda de sua ex-assistente, foram para dentro do Sol Apothicon, destruindo-o e expurgando o Elemento 115 do universo final.

Após a batalha, Monty percebeu que Primis bebeu os sangues de seus frascos, sangue que advinha de realidade já fechadas. Isso preveniu que Primis sumisse da existência e resultou em um Paradoxo. Conforme Monty pensava em meios de se livrar deles, Richtofen sugeriu que fossem enviados a um local onde nunca estiveram. Primis fora enviada para 1294, onde salvaram Pablo Marinus durante a Grande Guerra entre a humanidade e os Apothicons, criando um loop no tempo, um ciclo.

Quebrando o Ciclo[editar | editar código-fonte]

Quando Pablo Marinus chegou da Sibéria no Norte da França em 1294, ele lutou junto do Rei Lobo e foi salvo de um Margwa por Primis Richtofen, após ele e seus companheiros terem sido enviados para a Grande Guerra por Monty.

Richtofen percebeu que Monty estava mentindo sobre assegurar um futuro melhor. Percebeu também que eles terem sido enviados para a Grande Guerra não quebraria o ciclo, uma vez que este era o fim do ciclo deles. Ele finalmente entendeu também que Monty não era “do mal”, apenas estava tentando sobreviver ao tentar reparar o multiverso do único jeito que ele conhecia. Ao completar a profecia do ciclo, Richtofen e Monty forjaram um ciclo infinito.

Com a ajuda de Pablo Marinus, Primis Richtofen começou a planejar como iria quebrar o ciclo, enquanto Pablo o defendia de zumbis. Richtofen energizou um dispositivo de teleporte para viajar para a Dimensão de Bolso de Alcatraz. Antes de partir, Pablo deu uma gema elemental do Cajado de Fogo. Richtofen então seria conhecido como Richtofen Pós-Grande Guerra.

Dimensão de Bolso de Alcatraz[editar | editar código-fonte]

Após sua execução, Salvatore “Sal” DeLuca, Billy Handsome, Albert “Weasel” Arlington e Michael “Finn” O’Leary estavam presos em um ciclo perpétuo na Dimensão de Bolso de Alcatraz criada pelo Diretor para o Shadowman.

Os quatro mafiosos começam o plano de fuga deles antes de perceberem que não estão mais na prisão. Enquanto construíam o avião, lutavam contra milhares de zumbis e o próprio Diretor. Conseguiram construir o avião desenhado por Arlington, mas

eles caem na Ponte Golden Gate.

O Ciclo Continua

Se Sal, Billy e Michael matarem Arlington na Ponte Golden Gate, o “ciclo continua”, com os mafiosos morrendo para os zumbis e retornando para Alcatraz com somente Arlington tendo memória do que houve.

O Ciclo é Quebrado (Canônico)

Se Arlington consegue matar os outros três mafiosos, o “ciclo é quebrado”, isso permite que escapem do ciclo e libertem seus espíritos dos seus corpos.

Com sua chegada na Fratura Proditione, outra iteração de Primis chegou em Alcatraz, porém mais longe que tinham intendido, e fizeram seu caminho pro laboratório no lado oeste da prisão. No laboratório, encontraram Primis Richtofen, antes de sua jornada para Morg City, lendo o Kronorium enquanto esperava eles chegarem.

Richtofen disse que estavam atrasados antes de dar a eles os frascos de sangue. Advertiu pesadamente que Richtofen lesse novamente o Kronorium quando um portal apareceu. Terminando de ler, Richtofen viu que as páginas mudaram enquanto o outro Richtofen ia embora através do portal.

Primis atravessou a prisão enquanto lutava contra hordas de mortos-vivos para poder escapar por outra fenda. No entanto, o Diretor previu que tentariam isso, então destruiu a fenda antes que eles pudessem sair. Richtofen então percebeu que estavam presos na Dimensão de Bolso.

Enquanto exploravam Alcatraz e matavam zumbis, Richtofen começou a escutar Samuel J. Stuhlinger em sua cabeça. Percebeu que o farol desencadeou uma reação em efeito dominó no Éter. Primis também descobriu o santuário interno do Diretor, onde seu corpo estava atado a uma cadeira elétrica. Enquanto recuperavam o Kronorium, Arlington, agora em forma de uma ave espiritual, roubou o livro. Após recuperarem, Primis ajudou vários espíritos presos pela ilha antes de colocarem a Chave de Conjuração no corpo do Diretor, que serviria de conduíte para sua alma. Isso resultou em uma destruição parcial do farol, que lançou um raio de luz vermelho pelo céu, dando a oportunidade para que o Diretor os atacasse, derrubando-os inconscientemente no chão, e daí prendendo-os em celas.

O Diretor explicou a Primis que agora ficariam presos em Alcatraz para toda eternidade, sofrendo e tendo seu sangue extraído de seus corpos por sua máquina, uma vez que essa era a chave para manter o portal aberto para que o Shadowman e os Apothicons fossem libertos.

No entanto, após o Diretor sair, Arlington chega e ajuda Primis a escapar de suas celas. Enquanto corriam de volta ao laboratório, o Diretor os trava e se transforma em uma versão enorme de si mesmo. Ele foi, no entanto, restringido pelos espíritos de Sal, Billy e Finn, que o lançaram aos céus. Dentro do laboratório, outro pod criogênico foi revelado e Primis começou sua sequencia de descongelamento. Primis então confrontou o Diretor na frente do Dispositivo Sombrio, impedindo-o de adquirir a última peça do mecanismo. Durante a luta, Primis Richtofen decidiu adentrar o Mecanismo Sombrio e dar seu próprio sangue. Ao mesmo tempo, o pod criogênico abriu, revelando Richtofen Pós-Grande Guerra. Ele se uniu a luta e usou a gema para matar o Diretor e os zumbis, libertando suas almas da dimensão de bolso.

Richtofen Pós-Grande Guerra revelou a Nikolai que o futuro havia mudado e deu a ele o Kronorium, advertindo-o para que lesse. Ele explicou a Nikolai que ele deveria manter sua alma para que pudesse derrotar Monty, o que fez ele perguntar “Quem?”. Vários portais apareceram e o Richtofen Pós-Grande Guerra foi até o Mecanismo Sombrio, onde revelou para Primis Richtofen que o ciclo agora estava quebrado e seus “seguros de vida” – os frascos de sangue – não eram mais necessários. Ele pegou a Chave de Conjuração e se uniu a Primis, que destruiu seus frascos antes de entrarem nos portais, deixando Primis Richtofen morrer enquanto a dimensão de bolso colapsava.

O Grande Esquema de Nikolai[editar | editar código-fonte]

Após deixar Alcatraz, Primis Nikolai, agora assumindo o cargo de líder, Dempsey, Takeo e Richtofen Pós-Guerra teleportaram para dentro do Hangar 4, em Groom Lake em 1963, onde conheceram suas versões Ultimis. Primis Nikolai revelou a eles que havia uma guerra a ser lutada, a Grande Guerra, antes de teleportarem para fora do Hangar.

Adquirindo a Lasca Elemental[editar | editar código-fonte]

Primis e Ultimis chegaram então ao Campo Edward, Nevada em 2025. Eles reativaram a I.A. de lá, Rushmore. Eles precisavam da Lasca Elemental para a próxima parte do plano, e esta estava trancada dentro da Pirâmide construída pelos americanos e Rushmore precisava testa-los para dar acesso a eles. Durante a exploração e as lutas com zumbis, encontraram Peter McCain preso dentro de um androide; com a ajuda de Rushmore, que julgava McCain como alguém “muito importante para o futuro da humanidade”, Primis e Ultimis o transferiram para dentro de uma Orbe Elemental. Peter então saiu voando para longe de Campo Edward. Quando abriram a Pirâmide, soltaram Cornelius Pernell, que havia sido transformado pela Lasca em uma entidade chamada de Avogadro. Com a soltura de Avogadro, uma bomba nuclear explodiu, mas não surtiu efeitos. Conseguiram manter a entidade presa dentro da Pirâmide por tempo suficiente para que Rushmore a transferisse para o Sítio Hanford. Após conseguirem a Lasca, Maxis os contatou, dizendo que era “tarde demais”. Maxis então teleportou Samantha e Eddie para o Campo Edward enquanto era devorado vivo por Monty. Quando Samantha chegou, ela soltou sua fúria, causando danos massivos ao local antes de dizer a Eddie que eles lutariam na Grande Guerra, matariam Monty e queimariam a Casa até virasse pó.

Resolvendo o Paradoxo[editar | editar código-fonte]

Após sua jornada em Campo Edward, Primis e Ultimis, acompanhados de Samantha e Eddie, montaram acampamento em uma floresta. Eles procederam então a festejar sua vitória futura ao redor de uma fogueira, comendo e bebendo. Primis Nikolai explicou a eles que a Grande Guerra, os Apothicons, os Guardiões, o Éter Sombrio, Shadowman e Monty não passavam de lendas e contos do Kronorium. Revelou que ambos Shadowman e Monty foram corrompidos pelo Éter Sombrio, um por sua própria ambição e o outro por tentar desesperadamente salvar seu amigo. Revelou também que a maior guerra era aquela que batalhavam contra si mesmos. Enquanto celebravam, Primis Nikolai disse a eles para pensar sobre o que desejavam fazer da vida, onde gostariam de ir. Sem saberem, suas bebidas estavam envenenadas por Primis Nikolai. Morreram dolorosamente, com apenas Ultimis Richtofen sobrevivendo, mas voltando a ser Richtofen Zumbi.

Richtofen Zumbi então contatou Victis, que saiu de seus pods criogênicos antes que Alcatraz colapsasse. Atravessaram um portal e saíram da dimensão de bolso, chegando em uma instalação de pesquisa abandonada do Grupo 935 na Sibéria, e Richtofen Zumbi disse a eles que montassem um Dispositivo Agartheano. Na instalação, encontraram Pablo Marinus que sobreviveu a operação feita por Ultimis Richtofen em 1945, e vivia dentro da instalação como um eremita há anos.

Pablo disse a Victis que construiria o Dispositivo para eles, então recuperaram a Haste de dentro da instalação assim como o sangue de um Apothicon no interior de um navio abandonado do Grupo Ascension. Eles também recuperaram a Lasca Elemental enviada por Nikolai e os entregaram para Pablo. Quando ativaram o Dispositivo, começou a evoluir, afetando todo o Elemento 115 na área, então Nikolai pediu a eles que o protegessem dos zumbis enquanto carregava. Após ficar completamente energizado, Victis deu o Dispositivo para Pablo, que usou para criar um portal que levava à Grande Guerra e ajudar Primis Richtofen a quebrar o ciclo. Victis então recuperou o artefato e o mandou para Primis Nikolai.

Utilizando o Dispositivo Agartheano, Primis Nikolai destruiu a Chave de Conjuração antes de matar Richtofen Zumbi. Com a destruição da Chave, toda a realidade colapsou, e toda criação começou a sumir, incluindo Victis, os zumbis, os Apothicons, Elemento 115 e o próprio Monty. Tudo que saiu do Éter estava sendo banido para onde deveria ficar, no Éter Sombrio.

Nikolai pediu então a Samantha que o matasse. Com a morte de Primis e Ultimis, o paradoxo estava resolvido. Enquanto o multiverso deixava de existir, Samantha e Eddie caminhavam na direção de uma luz, e para dentro do desconhecido.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.